Madre Leônia Milito
Madre Leônia Milito

Nasceu na cidade de Sapri, na Itália, no dia 23 de junho de 1913. Cresceu em uma família profundamente católica que lhe permitiu, desde tenra idade, comprometer...

Leia Mais
Dom Geraldo Fernandes Bijos
Dom Geraldo Fernandes Bijos

Primeiro bispo e arcebispo de Londrina, nasceu em Contagem, Minas Gerais, no dia primeiro de fevereiro de 1913. Bem jovem ainda ingressou no Seminário dos Padre...

Leia Mais

Página Inicial

Madre Leônia Milito

 Nasceu em Sapri, Itália, no dia 23 de junho de 1913.

Com 16 anos ingressou na Ação Católica, e, depois de um longo processo de discernimento, tendo acolhido o chamado de Deus para segui-lo, ingressou na vida religiosa no dia 18 de junho de 1935.

 

Desejosa de anunciar o Evangelho e em resposta aos apelos do Papa, em 1954, foi enviada por seus superiores ao Brasil. Em Matão, no Estado de São Paulo, fundou a primeira comunidade missionária. 
 

Sua grande preocupação com a evangelização e com as pessoas mais pobres fez com que, no dia 19 de março de 1958, na cidade de Londrina – Paraná, juntamente com Dom Geraldo Fernandes, iniciasse uma congregação religiosa, denominada Missionárias de Santo Antônio Maria Claret. Seu ideal era convidar pessoas que tivessem esta mesma inquietação a participar de seu projeto, que tinha como objetivo fazer com que todos os povos conhecessem Jesus e que os pobres fossem acolhidos, promovidos e reconhecidos em sua dignidade de filhos de Deus. 
 
Seu trabalho missionário não conheceu limites ou fronteiras. Com suas irmãs percorreu o mundo e instalou centros de ação apostólica e social nos cinco continentes. Mulher incansável, deixou-nos um legado espiritual e apostólico capaz de continuar animando novas gerações a darem continuidade à sua grande obra. Em seus escritos ela expressa bem sua preocupação com a seara do Senhor: “A missionária é a resposta ao lamento de Cristo sobre a escassez de operários para sua vinha, é a resposta ao sonho de unidade entre todos os povos, é o apelo a abrir os  braços para estreitar todas as criaturas com a ternura de Jesus Cristo”.  Amante de Jesus Eucaristia, dinâmica e ousada na missão, peregrina em direção aos irmãos, a morte a encontrou a caminho: “E onde poderia encontrá-la senão percorrendo estradas em direção aos irmãos mais necessitados?"

 

Vítima de um acidente automobilístico, no dia 22 de julho de 1980, voltou para a Casa do Pai.
 
Em março de 1998, na Arquidiocese de Londrina, deu-se a abertura do processo de canonização de Madre Leônia e no dia 27 de outubro de 2003, tendo sido encerrada a fase arquidiocesana o processo foi introduzido na Congregação para a Causa dos Santos, em Roma.

 

Para ela, “santidade não é senão amor”. Foi assim que a serva de Deus Madre Leônia “consumiu sua vida iluminando”, na bondade e na alegria.


Acompanhe o Processo de Beatificação:
http://www.madreleoniamilito.com.br
    

Superlinks
www.impulsomissionario.it
www.impulsomissionario.it
CNBB
http://www.cnbb.org.br
CRB Nacional
http://www.crbnacional.org.br
Madre Leonia Milito
http://www.madreleoniamilito.org.br
Claretianas
http://www.missionariesamclaret.it
Leia Mais
Casa da Memória
Santuário Associação Claretiana
Esta Casa conta a história da cultura religiosa do norte do Paraná na década de 50. É o espaço onde se conserva viva a memória do trabalho e santidade missionária de Madre Leônia, seu amor a Deus e aos pobres.
Leia Mais
Missões
Missão Associação Claretiana
A missão específica da claretiana é anunciar o Evangelho e servir aos irmãos mais pobres.
Leia Mais

Missionárias de Santo Antônio Maria Claret
Av. Madre Leônia Milito, 575
CEP: 86050-270
TEL: (43) 3339-0808

Gelt Tecnologia e Sistemas